red-wallpaper2.jpg

RITA RIBEIRO 

EMPRESÁRIA E ESCRITORA

Rita Ribeiro BW.png

QUEM É RITA RIBEIRO

Original de São Luís, capital do Estado do Maranhão, no Nordeste do Brasil, Rita Ribeiro vive em Campinas- SP, desde 1979.  Empreendedora e escritora, espírito questionador e inquieto, um de seus principais interesses é o registro histórico de fatos e personagens que contribuíram para as transformações e evolução da história do Brasil.
 

Mestra em Artes – ECA / USP – 1994, Bacharel em Português e Literatura – UERJ – 1979, Licenciatura em Língua Inglesa – UERJ – 1979, Especialista em Linguística Aplicada e Especialista em Roteiro de Cinema e TV – Escuela Internacional de Cine y TV – Havana – Cuba – 1990.
 

 Após a publicação de “Anna Jansen”, (1995), escreveu outros livros como: “Barão Geraldo, História e Evolução”, (2003); “Renata Pallottini cumprimenta e pede passagem”, (2006); “Fotografia e Cidadania”, (2002); “Silvia Brandalise e sua Luta no Combate ao Câncer da Criança e do Adolescente”, (a ser publicado em 2022). Curadora do troféu “Mulheres que Marcam a História Contemporânea.
 

Seu projeto atual é uma obra sobre 22 brasileiras que atuaram de forma revolucionária em momentos decisivos da história do nosso país. Desde 1822, quando da Independência do Brasil, passando pela modernização em 1922, após cem anos, até a contemporaneidade quando comemoramos 200 anos de nossa independência, em 2022. Esse projeto tem por objetivo contribuir para que, através de um olhar panorâmico de nossa história, possamos ter insights criativos e transformadores para, juntos, construirmos nosso futuro como uma nação democrática, igualitária, justa e próspera.   
 

Rita Ribeiro é diretora do In Touch, instituição que fundou em 1980, que engloba a escola de idiomas e um espaço para palestras, treinamentos e eventos educacionais, o Espaço In Touch. Ela tem três filhas, um filho e sete netos.

SilviaB_Capa%20provisoria_edited.png

Silvia Brandalise
e sua luta no combate ao câncer da criança e do adolescente

A ser publicado em 2022

Escrever sobre a vida da Dra. Silvia Brandalise e o Centro Infantil Boldrini foi um grande desafio. O Hospital Boldrini foi pioneiro e se tornou uma referência internacional no tratamento do câncer.  Procurei fazer este livro fiel a personalidade de Dra. Silvia: simples, orgânica, substantiva, objetiva, eficaz e cuja missão é fazer o melhor em prol das crianças brasileiras. Ela revolucionou a oncologia pediátrica no Brasil e na América Latina. Espero que esta biografia de Dra. Silvia Regina Brandalise e a história de quatro décadas do Centro Infantil Boldrini, mostre ao Brasil o que nos traz satisfação e nos dá orgulho de sermos brasileiros. 

Brasileiras%20Revolucionarias_Capa%20pro

Brasileiras Revolucionárias que Fizeram História no Brasil

Livro 1 e 2, a serem publicados em 2022

 

A escolha de escrever sobre 22 brasileiras revolucionárias é uma referência ao bicentenário da nossa Independência. As personalidades escolhidas tiveram uma participação decisiva em momentos importantes da história do Brasil. A estória de vida de cada uma é contada dentro do contexto em que atuaram. Não cabe a mim julgá-las, mas apontar a importância que tiveram nas diferentes áreas de nossas vidas: científica, artística, médica, política, de formação étnica de nosso povo, de defesa dos direitos e da igualdade de gênero e raça. O primeiro livro trata dos principais momentos históricos entre 1822 e 1922. O segundo livro trata dos eventos que têm marcado nossa história a partir de 1922, aos dias atuais. 

Anna_Jansen_framed_edited.png

Anna Jansen

 

1ª Edição, Editora Record, 1995

2ª Edição, Polo Printer, 2019

Anna Joaquina Jansen Pereira foi a maior produtora rural e exportadora da Província do Maranhão, quando esta rivalizava com Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo. Ela ascendeu da pobreza e da desonra de ser mãe solteira, para tornar-se a mulher mais poderosa no cenário social, político e econômico do Norte no século XIX. Porém, o lendário popular maranhense a descreve como uma alma penada que percorre as ruas na madrugada de lua cheia, em sua carruagem assombrada puxando um cortejo de escravos mutilados. Afinal quem foi Anna Jansen? Uma rainha poderosa, fruto de seu tempo? Ou uma bruxa, cruel e vingativa, que mantinha vários homens reféns de seu fascínio e magia?

RenataPallottini_framed_edited.png

Renata Pallottini Cumprimenta e Pede Passagem

Imprensa Oficial, 2006

Poeta, romancista, dramaturga, roteirista de televisão, escritora e professora universitária, Renata Pallottini é uma das pensadoras e intelectuais mais respeitadas do nosso universo cultural e acadêmico. Sua biografia faz parte da Coleção Aplauso da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, um projeto de regate da memória oficial do nosso país. Em sua longa ela escreveu peças de teatro, textos para a televisão, livros didáticos, e poesias. Renata ganhou o mais renomado prêmio literário brasileiro, o Jabuti, pelo conjunto de sua obra, além dos prêmios Molière, Anchieta, Governador do Estado de São Paulo, em teatro, e o APCA, em televisão.  

Barao_Geraldo_both_framed_edited.png

Barão Geraldo História e Evolução 

1ª Edição, Editora In Touch, 2000
Edição Comemorativa, 50 Anos do Distrito de Barão Geraldo, Editora In Touch, 2003

 

Foi a partir da instalação do campus da Universidade Estadual de Campinas, em 1966, que o distrito de Barão Geraldo iniciou sua rápida transformação, passando de uma área rural para se tornar um polo urbano que hoje abriga universidades renomadas, centros médicos de alta qualidade científica e médica, além de várias clínicas médicas que atendem a população da Região Metropolitana de Campinas. Este livro é em homenagem ao distrito; uma compilação de estórias, fotos e ilustrações marcando 50 anos de revolução e transformação.

Fotografia_framed_edited.png

Fotografia e Cidadania

 

Editora In Touch, 2002

O Projeto Fotografia e Cidadania foi pensado como um prêmio aos fotojornalistas da cidade de Campinas, cujo resultado foi uma exposição das fotos selecionadas e sua publicação em livro. Registramos as imagens da cidade de Campinas que contam uma parte de sua história na virada do século XX para o século XXI. Suas contradições estão aqui registradas pelas lentes e olhares dos fotojornalistas sensíveis ao cotidiano de nossas vidas. O Projeto Fotografia e Cidadania teve o compromisso de nos incomodar e nos acordar para os sérios problemas que hoje vivemos. 

PORQUE LER ESTE LIVRO?

Blog semanal de resenhas escritas por Rita Ribeiro, com avaliações e revisões de seus livros e autores prediletos.